Zumbido No Ouvido – Tratamento Natural

zumbido no ouvido

Zumbido no Ouvido

O zumbido no ouvido, também conhecido por tinnitus ou Acufeno, normalmente não é grave e surge em caso de resfriado ou após exposição prolongada a barulhos muito intensos, em alguns casos desaparecendo sem tratamento específico ao final de algumas horas. Mas há casos em que esse incômodo é parte da rotina.

Este problema, que se caracteriza pela sensação de ouvir qualquer tipo de som mesmo estando em ambiente silencioso pode afetar apenas um ou os dois ao mesmo tempo e, na maioria dos casos, o zumbido no ouvido tem cura.

Como o  zumbido acontece quando as vias auditivas passam a enviar impulsos mesmo sem que haja uma fonte sonora que os envie, ele é um incômodo constante que pode afetar o sono, a concentração e o equilíbrio emocional. É comum que os pacientes que sofrem com este problema relatem dificuldades em fazer coisas simples como ficar em silêncio.

Sintomas de Zumbido no Ouvido

Entre os principais sintomas do zumbido no ouvido são:

  • Som de um apito;
  • Barulho semelhante ao de uma cachoeira ou a uma cigarra irritante;
  • Chiado constante;
  • Sensação de ouvido tapado.

Esse som só é pela própria pessoa e não pode ser medido, podendo ser contínuo ou com intervalos e tende a piorar em caso de estresse ou ansiedade. Além disso, o zumbido pode aparecer associado a tontura e falta de equilíbrio.

Zumbido no Ouvido Causas | Zumbido no Ouvido – O Que Pode Ser ?

As condições que levam ao zumbido podem ter origem no próprio sistema auditivo ou em outros sistemas que afetam o ouvido de forma indireta.

1) Poluição Sonora e Envelhecimento Natural (A Principal Causa)

 A perda auditiva é 90% de casos de zumbido. Médicos e cientistas descobriram que a maioria das causas do zumbido estão relacionadas a perda auditiva causada pela exposição excessiva ao barulho e envelhecimento natural.

2) Danos no Nervo Auditivo:

Danos nas terminações microscópicas do nervo auditivo no ouvido interno é uma das causas de zumbido.

3) Circulação Sanguínea

A má circulação sanguínea pode provocar perda de audição e até mesmo zumbido.

  • Medicação: A Ginkgo Biloba ajuda a reduzir tonturas e melhorar a perda auditiva relacionada à redução do fluxo sangüíneo para os ouvidos.

4) Disfunção Temporo-mandibular

Problemas na articulação temporomandibular (ATM). É uma deficiência na “articulação da mandíbula”  e pode resultar em estalo ou ruídos ao mover o maxilar.

  • Medicação: Comer abacaxi fresco com frequência para reduzir a inflamação.

5) Ruptura no Tímpano

Um buraco ou uma ruptura no tímpano pode causar o zumbido. Uso indevido do cotonete é uma das principais causas de ruptura no tímpano.

6) Inflamação no Ouvido Médio

Rigidez dos ossos do ouvido médio, a região depois da membrana timpânica, pode ser a causa de zumbido.

  • Medicação: Incluir na dieta de vegetais, muita alga marinha e alho.

7) Infecção no Ouvido

Infecção no ouvido também pode causar o zumbido. Se uma infecção reduz sua capacidade de ouvir os ruídos externos, você terá tendência a ouvir os ruídos relacionados ao zumbido.

8) Acúmulo de Cera no Ouvido

Acúmulo de excesso de cera no ouvido pode reduzir sua capacidade de ouvir ou causar inflamação da membrana do tímpano, no ouvido médio ou no ouvido interno.

9) Má Alimentação

Alimentos específicos podem provocar o zumbido. Tais alimentos incluem o vinho tinto, baseado em grãos, queijos, chocolates e água tônica / quinino, alto teor de sódio e gordura.

10) Estresse

O estresse não é uma causa direta, mas geralmente faz um caso existente piorar. Zumbido nos ouvidos, às vezes, é acompanhado de vertigem (tontura).

11) Medicamentos

O zumbido no ouvido pode surgir como efeito colateral de alguns medicamentos, como:

  • Aspirina em doses muito elevadas;
  • ​Antibióticos como polimixina B, eritromicina, neomicina e vancomicina;
  • Remédios para combater o câncer como mecloretamina e vincristina;
  • Diuréticos como bumetanida, ácido etacrínico ou furosemida.
  • Antidepressivos como Fluoxetina ou Sertralina.

Geralmente, quanto maior a dose destes medicamentos, maior é o zumbido e, na maioria dos casos, o ruído desaparece ao deixar de usar estes remédios.

12) Outros

Alergias, tumores, HIV, genética, problemas no coração e pescoço podem causar zumbido. Veja quais tipos de remédios você está tomando.

Os principais problemas originados no sistema auditivo são:

  • Exposição a ruídos altos, tanto no lazer quanto no trabalho
  • Bloqueio por cera
  • Alterações dos ossículos da audição
  • Doença de Ménière
  • Neurinoma do acústico (tumor raro que acomete o nervo auditivo).

Doenças que tem origem em outros sistemas e que podem afetar o sistema auditivo estão abaixo relacionadas:

  • Distúrbios da articulação têmporo mandibular e outras alterações odontológicas
  • Alterações metabólicas: dos açúcares, gorduras e deficiência de vitaminas
  • Alterações hormonais: tireoide e hormônios sexuais
  • Distúrbios cardiovasculares: hipertensão arterial mal controlada e arritmias
  • Distúrbios psiquiátricos como depressão e ansiedade
  • Malformações de vasos da cabeça e pescoço.

Outras situações frequentemente relacionadas ao zumbido:

  • Maus hábitos alimentares: consumo abusivo de doces, café e períodos prolongados de jejum
  • Cigarro e bebidas alcoólicas: pioram a percepção do zumbido
  • Medicamentos: uma lista grande que inclui antibióticos, diuréticos, quimioterápicos, AAS (aspirina) e outros anti-inflamatórios em altas doses e alguns antidepressivos.

Zumbido no Ouvido Tem Cura ?

Modificações na dieta e no estilo de vida, como a prática de exercícios físicos, e o manejo de doenças como hipertensão, colesterol alto e diabetes também fazem parte do tratamento. Na suspeita de doenças cardiovasculares, a avaliação cardiológica é importante.

Outro ponto fundamental é avaliar a repercussão que o zumbido está trazendo para a vida do indivíduo. Ajudar a pessoa a encarar o problema de forma diferente é um grande passo para o sucesso. Ansiedade e depressão estão frequentemente associadas ao zumbido, potencializando sua percepção e, com isto, o sofrimento.

Remedio Para Zumbido No Ouvido

Uma das formas de tratamento para zumbido no ouvido é com medicamentos ansiolíticos. Eles deixarão o indivíduo menos tenso e isto irá ajudar a controlar melhor o desconforto.

Veja algumas indicações naturais pro tratamento

  • GINKGO BILOBA – tomar 120 miligramas/dia desse medicamento em cápsulas, pode ajudar a ativar a circulação sanguínea, que às vezes é responsável pelo zumbido;
  • CASCA DE MALAGUETA – além da casca de malagueta, folhas de espinheiro, raiz de bardana, goldenseal goma e mirra, também são ervas capazes de beneficiar a quem sofre esse desconforto;
  • ABACAXI – a fruta também tem poderes antiinflamatórios e ativa a circulação da região da cabeça e pescoço;
  • ALHO – um dente de alho cru, diariamente, pode amenizar os sintomas do zumbido.

Zumbido no Ouvido Esquerdo | Zumbido no Ouvido Direito

Zumbido no Ouvido e Tontura

Seguem abaixo os problemas que causam tontura e zumbido:

A) Labirintite

labirintite

A labirintite é caracterizada pela inflamação de uma porção do ouvido interno chamada de labirinto. Ela geralmente é o resultado de uma infecção ou inflamação no ouvido ou infecção nas vias respiratórias superiores, mas também pode se desenvolver por causa de alergias, certos medicamentos, um cisto no ouvido e, em casos mais extremos, por alterações genéticas, tumores e doenças neurológicas.

B) Doença de Méniére

Doença de Meniere

O ouvido interno contém um fluído chamado endolinfa que é importante para o funcionamento correto do ouvido. O fluído deve ter certa quantidade, composição e pressão, para que o ouvido ajude o corpo a ouvir corretamente e manter o equilíbrio. A doença de Méniére é uma desordem no ouvido, na qual a endolinfa sofre alterações no interior.

A causa exata destas mudanças é desconhecida, mas existe algumas possibilidades, como alergias, resposta imune anormal e infecção viral podem ser considerados. Os sintomas da doença de Méniére incluem vertigem, tontura, zumbido, perda auditiva, sensação de pressão e ouvido “preenchido”. Ainda não existe nenhuma cura para a doença de Méniére, mas existem tratamentos, como medicamentos para ajudar contra a doença.

C) Neuroma Acústico

tontura

Um neuroma acústico é um tumor benigno de crescimento lento que se forma sobre o nervo que liga o ouvido e o cérebro. De acordo com a Universidade de Maryland Medical Center, os neuromas acústicos são creditados a desenvolver como um resultado de um defeito genético, no entanto, a causa do defeito genético é desconhecida.

Os sintomas mais comuns incluem vertigem, zumbido e perda auditiva no ouvido afetado. Algumas pessoas sentem dor de cabeça, perda de equilíbrio, dormência no ouvido ou na face, problemas de visão e sonolência. Uma vez que um neuroma acústico vai crescendo lentamente, o tratamento imediato pode não ser necessário. Quando os sintomas se agravam ou interferem em seu estilo de vida, se é usado a terapia de radiação e até mesmo a cirurgia para intervir no crescimento do tumor.

Zumbido no Ouvido Tratamento

Normalmente, o zumbido no ouvido tem cura e ocorre após exposição prolongada ao barulho ou pode ser sinal de perda de audição, que é mais comum em idosos. Além disso, também pode surgir quando existe algum problema na articulação da mandíbula ou otite, por exemplo

Zumbido no Ouvido e Dor de Cabeça

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *